12/10/2017

Uma família de Apucarana ficou revoltada na tarde da última terça-feira (10), durante enterro de um parente no Cemitério Portal do Céu de Apucarana.

Veja como ficou a tampa do caixão.

Veja como ficou a tampa do caixão.

A corda e o gancho que segurava o caixão arrebentou no momento em que era colocado na sepultura e caiu de “ponta cabeça” vindo a quebrar o caixão no momento da queda, deixando o corpo exposto e causando lesões.

Segundo uma das pessoas presentes “Foi uma cena inacreditável, parecida com um filme de “terror”. Caixão caindo, familiares correndo para ver o que estava acontecendo. Todos já estavam abalados com a morte, com o sentimento terrível de perda de um ente querido, ainda presencia uma coisa dessa. Foi uma situação inimaginável e muito constrangedora”, desabafa um parente do homem de 62 anos, que morreu na segunda-feira (09), por volta das 21h30, no Hospital da Providência de Apucarana, em decorrência de uma parada cardíaca, e iria ser sepultado na tarde da terça-feira (10), por volta das 16h.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, a família teve que ir na Aserfa e o Superintendente da Autarquia de Serviços Funerários (Aserfa), Marcos Bueno, em primeiro momento não atendeu os familiares, deixando a cargo de duas mulheres e motorista que trabalham no local, o corpo foi rapidamente preparado e encaminhado para sepultamento ainda no final da terça-feira (10).

Ainda segundo informações recebidas pelo Canal 38, diversas pessoas registraram a situação lamentável, e ainda questionaram a qualidade do caixão que quebrou de uma forma deixando todos surpresos com a fragilidade.

A equipe do Portal de Notícias do Canal 38, tentou manter contato com familiares para obter a informação, se tiveram que assumir despesas pelo ocorrido, porém não obteve êxito.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.
  1. Acho uma irresponsabilidade desta empresa, cujo eu faço parte com isto fico com pé atrás. e conheço muito esta família muito próximo de nos são meus vizinhos há 30 anos foi lamentável minha filha fotografou td e acompanhou a família ate aserfa.

  2. Foi uma calamidade ; a cena mais horrível que já vi .Onde no momento difícil de despedida se tornou cena de horror .
    Não foi fragilidade do caixão se quebrou por cair de alta altura e foi feito BO pois foi um sinistro horrível onde os principais responsáveis foram os coveiros que foram designados a fazer os procedimentos no momento de enterrar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *