10/01/2019

No dia 17 de dezembro de 2018 ocorreu a eleição da mesa executiva da câmara municipal de Apucarana. Após este fato, o vereador Lucas Leugi que exercia extraoficialmente o papel de líder do prefeito no legislativo apucaranense, sentiu-se traído pelo prefeito licenciado Carlos Alberto Preto e sua trupe.

As missões mais polêmicas de defesa do mandato do alcaide eram exercidas por Leugi, motivo pelo qual, o vereador se afastou do paço municipal, uma vez que, esperava um retorno de seu ex-líder.

Neste período, nas rodas políticas as trocas de farpas são constantes em relação a ambos.

Uma recente foto publicada nas redes sociais do vereador, despertou a fúria e o do prefeito licenciado, a foto circulou nos grupos de WhatsApp com a expectativa de  criação de um novo “Grupo Político” para as eleições de 2020.

O que se sabe é que, se for para convidar para uma festa hoje, ou convida um, ou convida outro.

 

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.
  1. Fico feliz e votei para o Lucas e fiquei entristecida quando o vi defendendo valores diferentes daquele que havia proposto. Segue em frente Lucas e se junte onde tem luz.

  2. Este é o caminho. Ora, é pra frente que se anda. De encontro com o nascer do Sol. À sombra, nada resplandecente, sequer, se cria ou se desenvolve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *