19/06/2014

A repórter Fernanda Gentil, um dos principais destaques na cobertura da Copa pela Rede Globo, está sendo cotada para se tornar a primeira mulher a fazer narrações de partidas de futebol em mundiais para a emissora.

Fernanda Gentil

A estreia poderá ocorrer durante a Copa da Rússia, em 2018, e significa um enorme passo para as mulheres que desejam ganhar espaço nesse restrito ambiente dominado pelos homens, especialmente em se tratando do maior evento futebolístico do mundo.

Fernanda vem chamando bastante a atenção graças à simpatia e inteligência, além do grande jogo de cintura que demonstra em situações ao vivo. Segundo informações de uma fonte da Globo, os diretores do canal consideram importante incluir mulheres no time de locutores exclusivamente masculino da emissora.

Entretanto, existe o receio de que os telespectadores — especialmente os mais conservadores — não aceitem muito bem a proposta de assistir a jogos da Copa do Mundo narrados por mulheres.

O primeiro passo no sentido de derrubar preconceitos ocorreu no último sábado, dia 14, durante o jogo entre Uruguai e Costa Rica, que foi narrado pela carioca Renata Silveira durante a transmissão feita através do site da Rádio Globo. Quem sabe até a próxima Copa os homens não se acostumam a ouvir vozes femininas durante as partidas.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *