26/06/2014

Os detalhes que faltam para a assinatura do contrato que viabilizará a construção do Residencial Fariz Gebrin foram ultimados nesta quinta-feira (26/06), em reunião realizada no gabinete do prefeito de Apucarana, Beto Preto.

Além da equipe da administração municipal, participaram do encontro representantes da Caixa Econômica Federal (CEF), Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Sanepar, Copel e Construtora Cantareira.

De acordo com Beto Preto, o encontro foi convocado para que ocorram as últimas definições técnicas e de procedimentos. “Vamos encaminhar toda a documentação para o Ministério das Cidades e a nossa expectativa é que o contrato seja assinado até o final do mês de julho”, projeta Beto Preto.

O Residencial Fariz Gebrin será construído através do Programa Minha Casa, Minha Vida, em área localizada aos fundos do Núcleo Habitacional Adriano Correia, que foi adquirida pelo Município e pela construtora. “Fica ao lado da área onde será implantada a Cidade Industrial. Nesta primeira etapa, serão construídas 520 unidades habitacionais, destinadas a famílias com renda de 0 a 3 salários mínimos”, explica.

O vice-prefeito de Apucarana, Sebastião Ferreira Martins Junior (Junior da Femac), afirma que a reunião tratou dos detalhes que estão sob a responsabilidade de cada uma das entidades envolvidas no projeto. “Questões como ligações de água e esgoto, posteamento da rede de energia elétrica, além da terraplenagem e da abertura de vias, implantação de calçadas e pavimentação”, cita Junior da Femac, lembrando ainda que o projeto prevê outra etapa para o ano que vem, com a construção de mais 200 unidades, na faixa até 5 salários mínimos.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *