20/01/2018

As constantes chuvas ocorridas no Paraná nas últimas semanas aliadas as temperaturas elevadas exigem mais cuidado no combate ao Aedes aegypti.

CHUVAS DIÁRIAS DEMANDAM CUIDADOS REDOBRADOS COM O AEDES

O mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya utiliza focos de água parada para se reproduzir. Por isso, é necessária a vistoria constante de quintais das residências, empresas e outros locais para eliminar qualquer acúmulo de água que possa facilitar o desenvolvimento do vetor. A Secretaria Municipal de Saúde pede a todos os moradores de Rolândia para que cuidem de suas casas e alertem vizinhos e colegas sobre a situação.

De agosto de 2017 até esta terça-feira (16), foram confirmados 9 casos de dengue no município. No mesmo período, não foram registrados casos de chikungunya e nem de zika. Com o calor, o mosquito também se desenvolve mais rápido. Por isso a limpeza dos jardins, varandas e qualquer espaço aberto deve ocorrer, no mínimo, a cada sete dias. Em 10 minutos já é possível eliminar os criadouros e evitar que a dengue esteja em sua própria casa.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *