21/03/2019

O servidor Silvano Ferreira de Souza estaria recebendo pagamento de diária indevidas na prefeitura de Apucarana.

As supostas irregularidades em pagamentos de diárias ao servidor Silvano foi confirmada pelo Portal de Notícias do Canal 38. E os pagamentos foram confirmados junto ao Portal de Transparência do Município de Apucarana.

Silvano Ferreira de Souza, foi nomeado em 25/03/2014, em Concurso Público, para ocupar cargo de provimento efetivo de “OPERÁRIO – Nível 5” do Quadro Permanente de Pessoal do município.

O servidor concursado para o cargo de operário, sem capacitação formal para desempenhar a função exercida, e com desvio de função. Segundo informações, ainda estaria sendo “fiscal” de um contrato do município junto à Polícia Rodoviária Federal.

De acordo com a diárias, alguns dos problemas detectados foram: pagamento de diárias ao servidor como se tivesse ocorrido a viagem, ou mesmo, depois do retorno da viagem, e existência de diárias sem prestação de contas e sem o devido ressarcimento. Também foi encontrada a situação de concessão de adiantamento para custear despesas.

A reportagem começou a investigar as denúncias e constatou que o servidor mesmo sendo “OPERÁRIO – Nível 5” do Quadro Permanente de Pessoal do município, recebeu de diárias em 2018 o valor de R$ 8.516,68 e no ano de 2019 já recebeu o valor de R$ 2.892,10, com destaque para duas diárias, uma de 15/02/2019 no valor de R$ 2.160.00, referente a supostas viagens onde o servidor alegou “Diárias ref. a viagem dia 04/02/2019 a 18/02/2019 teria ido a cidades da região como, Mauá da Serra, Cornélio Procópio, Santo Antônio da Platina, Paranavaí, Maringá, Londrina,  onde serão realizadas vistorias contagem e os tramites necessários para os laudos de 662 veículos apreendidos pela Polícia Federal   os quais serão leiloados conforme convênio 01/2015  entre a PRF e Prefeitura de Apucarana conforme OF 48/2019 Ideplan GRP 3948/2019.

O servidor não estava viajando em alguns desse período, e foi visto inclusive no prédio da prefeitura de Apucarana. E município próximo a cidade de Apucarana, sequer teria justificativa para concessão de diárias.

O “modus operandi” do servidor comprova a existência de fraude na concessão de diárias, como o pagamento da diária em 18/03/2019, no valor de R$ 270,00 com a justificativa “Diária Ref. a viagem para entrega de documentação sobre leilão e reunião na PRF dia 18/03/2019 Curitiba conforme OF. 155/2019 – Idepplan GRP 13018/2019”.

A reportagem acompanhou o servidor e constatou que recebeu a diária, mas não efetuou a viagem para Curitiba, conforme pode ser constatado no ponto eletrônico da prefeitura, comprovando que o servidor não efetuou viagem no período descrito. E ainda pode ser comprovado pelas praças de pedágio, conforme comprovantes que deveria ser fornecidos.

O servidor estaria em cargo em comissão “Cargo de Confiança”, exercendo uma função e estaria rendo atitudes que caracteriza “Improbidade administrativa”.

A reportagem entrou em contato com Silvano Ferreira de Souza para questioná-lo sobre sua última diária recebida e viagem realizada a cidade de Curitiba, mas o servidor disse ter feito duas viagens, mas não lembrava a data, apesar da viagem que deveria ter ocorrido na última segunda-feira (18/03). E ao ser questionado se teria e poderia passar os comprovante das praças de pedágio, disse que está tudo no financeiro e que Carlos Mendes do Idepplan que leva os documentos, e que ele (SIlvano) nem se envolve  nessa questão. Mas a reportagem, tem a informação que tais documentos não foram encaminhados a fazenda pública de Apucarana, até porque o servidor não realizou a viagem na última segunda-feira (18/03), mas recebeu o pagamento da diária.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.
  1. Aqui vemos a importância do jornalismo e como é importante para a transparência da vida política. Parabéns ao canal 38 pela reportagem completa e esperamos providências objetivas em relação a isso.

  2. Vergonha….vergonha…minha opniao…exonerar funcionario…..sera que ele nao sabe…..que esta ……e dinheiro do povo….apucaranense…poderia montar uma cpi na camara municipal….pode ter muito mais…ainda…em outros….setor …

  3. Chega de farra como dinheiro da população!! Em todos as esferas!! Federal, estadual ou municipal!!!! Chega!!! Políticos e funcionários públicos tem que entender que a fase da mamata, quando corrupção era tratada como piada acabou !!

  4. Procurem o proprietário do auto socorro, responsável pelos pátios de convenio com a PRF e procurem saber as atitudes do denunciado sobre o serviço de fiscal de pátios

  5. Situação muito deprimente. Os elementos levantados pelo Canal 38 levam à uma conclusão: corrupção ativa. Ocorre que o caso indica uma gravidade maior pois tudo indica que este tipo de ação, obrigatoriamente, exige a cumplicidade de mais pessoas. Não é possível este tipo de ação sem o conhecimento e participação de terceiros. Entendam, o País está mudando!!!

  6. Apucarana tá tenso, uma fila de aprovados no concurso esperando o milagre da convocação e um monte de desvio de função + cargo de confiança. E ninguém faz nada.

  7. Parabéns…reportagem investigada e ilustrada. Resta agora ao poder publico, METER O PÉ NO RABO desse folgado, que sacaneia com nosso dinheiro. Isso merece exoneração urgente.

  8. É uma vergonha ,,,,,aí eu me pergunto o presidente cá câmera em 2018 era o Sr??????? Não merece nem ser dado o desprazer de falar o nome ,o atual presidente da Câmara é o Sr, ????? Então quando vereador não sabia destas irregularidades??????? E pior ainda no ano corrente contínua não sabendo ?????? Os atuais vereadores não sabiá da suposta falcatrua de irregularidades????????? Pois é , sabem quem paga esta conta nos os otários contribuintes , quem pagamos esta conta.

  9. Enquanto os que realmente fazem as viagens tendo que comprar alimentação etc dos próprios bolsos,muitas vezes qdo se retorna não pagão o certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *