23/03/2019

Casal estava em um veículo que colidiu na frente do caminhão que cruzou a rodovia. Mulher vinha como passageira e morreu ainda no local, na tarde deste sábado (23), em Apucarana.

Uma mulher de aproximadamente 54 anos, morreu e um homem ficou gravemente ferido na tarde deste sábado (23), por volta das 17h16, após uma colisão entre um veículo e um caminhão na PR-170 no KM 67, no Contorno Norte em Apucarana. O veículo GM Opala ano 1990, de cor branca, placas de Apucarana em que o casal trafegava bateu de frente com o caminhão e os ocupantes do carro ficaram presos nas ferragens. A equipe dos Bombeiros desencarceraram o casal.

A mulher que vinha como passageira no carro teve morte no local e o homem foi socorrido pela equipe do Samu e levado para o Hospital da Providência de Apucarana.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que ainda estava apurando as circunstâncias do acidente e o motorista do caminhão permaneceu no local do acidente para prestar todos os esclarecimentos à polícia.

O instituto Médico-legal (IML) retirou o corpo da mulher para exame de necropsia. A equipe da Polícia Civil de Apucarana esteve no local.

Veja matéria completa no Canal 38 em nossa programação de jornalismo;

– Patrulha da Cidade às 11 e 19 horas com Paulo Farias e sua equipe.

– Jornal 38 às 12h00 com Narciso do Prado.

– Programa Fala Cidade às 12h30 com Luiz Magalhães e 171.

– Programa Apucarana no Ar às 18h00 com Wilson Mota.

Imagens: Juarez Rocha – Canal 38

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.
  1. Ali nessa entrada e um perigo lascado já não é o primeiro acidente é nem as primeira pessoas que morrem ali.
    Ali tinha que por uma rotatória ali. Cada buraco no acostamento.

  2. É lamentável infelizmente esses motorista inrresponsaveis não para no acostamento e cruza direto não foi o primeiro caso e não será o último alguém tem que tomar alguma providência ali muitos para em cima da pista mesmo e pensa que está certo ainda ali é uma rodovia e não uma rua hurbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *