18/04/2019

Dos 26 participantes do grupo, 23 pararam de fumar. Iniciativa visa combater um dos fatores de risco do câncer bucal.

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana, encerrou nesta semana mais um grupo de Combate ao Tabagismo com resultado muito positivo. Dos 26 participantes do grupo, 23 pararam de fumar.

A iniciativa, que está no segundo ano, faz parte das ações saúde municipal voltadas a combater um dos fatores de risco do câncer bucal. O grupo encerrado no final de 2018 também teve grande resultado, já que dos 31 fumantes envolvidos no tratamento, 17 deixaram o vício.

As reuniões, por um período de três meses, começaram no dia 6 de fevereiro, com reuniões semanais no primeiro mês. Depois os encontros, sempre na sala de reuniões da AMS, aconteceram a cada 15 dias. O tratamento é conduzido pelo médico Osvaldo Zardo. Além de palestrante, ele desenvolve um trabalho de orientação, complementado com uso de medicamentos e material fornecido pelo Ministério da Saúde, para ajudar os fumantes a se libertar da nicotina.

Ilda da Conceição Vitória, 69 anos, começou a fumar com 7 anos e, finalmente, mais de seis décadas depois deixou o vício ao freqüentar o grupo de combate ao tabagismo do CEO. “Era tudo que eu precisa para deixar o cigarro depois que fiz exame do pulmão e o médico disse que se não parasse de fumar poderia morrer logo. Fui parando aos poucos e agora três meses depois que comecei no grupo posso dizer com grande alegria que não fumo mais. Estou me sentindo muito melhor, até a canseira no peito passou”, comemora Ilda que mora na localidade rural do Pinhalzinho e mesmo tendo a disposição três horários de circular por dia, se esforçou para completar o tratamento de 3 meses oferecido pelo CEO.

O atendimento, incluindo o fornecimento de medicação, é totalmente sem custo para o paciente. O tratamento no município é desenvolvido dentro do Programa Nacional de Combate ao Tabagismo, ofertado pelo Ministério da Saúde desde 2002, em parceria com o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

O programa federal é embasado em quatro cartilhas que são oferecidas para que o fumante conheça a forma de se livrar do hábito de fumar com orientação, bem como no uso de medicamento para combater a ‘fissura’ (síndrome de abstinência), de adesivo de nicotina e goma de mascar de nicotina.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *