15/05/2019

O deputado federal Aliel Machado (PSB) se reuniu na manhã desta segunda-feira, 13, com reitores das Universidades e Institutos Federais do Paraná para discutir os cortes dos recursos às instituições, anunciado pelo Governo Federal.

A reunião foi realizada na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e contou com a presença de parte da Bancada Paranaense em Brasília e representantes da UTFPR, Unila e IFPR.

Durante sua fala, o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, alertou para a gravidade da medida. Segundo ele, o corte de 30% inviabilizará o funcionamento da instituição, já no segundo semestre. Nos institutos federais esse corte será ainda maior. Quase 100 mil alunos devem ser prejudicados em todo Estado.

“Uma perda de R$ 50 milhões no orçamento da UFPR. Nossa preocupação é igual à preocupação de todas as universidades brasileiras, assim como os institutos federais do país. A gente vai ser inviabilizado no próprio orçamento, em todas as áreas, em todos os campis, a partir do segundo semestre, no Brasil inteiro”, afirmou Ricardo Fonseca.

“A união da bancada é de fundamental importância. Isso supera os interesses partidários e é uma defesa da Educação. Não podemos aceitar que em um momento de crise como o qual estamos passando a Educação seja atacada da maneira como está sendo. Ela é inclusive um mecanismo para ajudar a sair da crise e superar os problemas que temos no país”, ressaltou Aliel, membro da Comissão de Educação da Câmara.

“A Bancada se colocou a favor da UFPR, a favor da Educação, dos nossos institutos federais. Vamos debater junto ao Governo e discutir uma forma de reverter o bloqueio, para que não haja esse corte e esse recurso seja liberado. Não se pode prejudicar a Educação do nosso jovem, que precisa estudar e se formar pra que lá no futuro ele tenha emprego e trabalho. Seguimos unidos a favor do nosso Estado mais uma vez”, disse Wandscheer, coordenador da Bancada.

O encontro contou ainda com a presença dos três senadores do Paraná, Oriovisto Guimarães, Alvaro Dias e Flavio Arns, que puderam colocar sua opinião, demonstrando que a Educação seria o último passo para cortar despesas. “Educação e saúde são primordiais para o nosso povo brasileiro”, finalizou Toninho Wandscheer.

Além dos três senadores do estado, também estiveram presentes os deputados Federais:  Gustavo Fruet (PDT), Luciano Ducci (PSB), Luizão Goulart (PRB), Rubens Bueno (Cidadania), Sérgio Souza (MDB), Schiavinato (PP) e Toninho Wandscheer (PROS).

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *