16/05/2019

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, disse nesta quarta-feira (15) que a polêmica em torno dos 32 cargos criados pela Câmara, em projeto enviado pelo Executivo, é desnecessária.

Segundo ele, os cargos foram criados apenas como forma de ajustar o quadro de funções na estrutura do funcionalismo público municipal. “A polêmica foi iniciada por adversários políticos, que se apressaram em espalhar mentiras com o objetivo de tentar atingir a nossa administração. Começaram por mentir sobre o número de cargos, dizendo que eram mais de 40, quando na verdade são 32”, frisou o prefeito.

Ele destaca que dos 32 cargos, boa parte vai ser ocupada por servidores que já fazem parte do quadro de funcionários. “As pessoas estavam trabalhando, mas não nessas funções porque os cargos não existiam. Era preciso fazer esse ajuste. Gerente do 18 Horas do Flamingos, gerente do 18 Horas do Palmares, do Petrópolis, do São José, da UPA, do PAI, são cargos que não existiam e agora existem”, argumenta o prefeito.

Sérgio Onofre destaca que, por essa razão, o impacto na folha de pagamento não será elevado como afirmam alguns adversários, pois esses servidores já estão na folha, passando a receber apenas o adicional para a função. “Era preciso ajustar essa situação e nós só estamos fazendo isso agora porque só agora conseguimos atingir os índices previstos na lei”, acrescenta o prefeito.

Para ele, é importante frisar que no início desta gestão o índice de despesa com pessoal estava acima do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (54%), enquanto que agora, em razão de políticas de austeridade praticada por esta gestão, o índice de gasto com pessoal atual caiu para 48,74%. “Estão criticando justamente quem adequou as despesas com pessoal ao que exige a lei. E justamente por termos esses índices é que o cenário é favorável para a adequação da organização do Executivo. No caso dos cargos de gerência, estamos inclusive atendendo a uma recomendação do Ministério da Saúde”, finaliza o prefeito.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *