12/06/2019

A segunda edição do exame foi aplicada ontem nas turmas de 5º ano do ensino fundamental.

Os 1300 alunos matriculados nas turmas de 5º ano da rede municipal de Apucarana participaram ontem (11) da segunda edição da Prova Paraná, uma avaliação diagnóstica que tem como objetivo identificar as dificuldades e as habilidades deles no processo de aprendizagem de Língua Portuguesa e Matemática.

A secretária municipal de educação, Marli Fernandes, e os técnicos do Núcleo Regional de Educação, Neucely Ribeiro, Luciane Jonas e Vladimir Barbosa da Silva, acompanharam a aplicação da prova na Escola Municipal Presidente Médici, do Jardim Apucarana.

“Apesar de nós já termos uma avaliação diagnóstica própria, a Prova AME que é aplicada anualmente no final do primeiro semestre, nós decidimos aderir à Prova Paraná por entender que ela se trata de uma ferramenta a mais para o acompanhamento da evolução dos nossos alunos. A segunda edição do exame foi bastante tranquila na rede municipal de ensino,” disse a secretária.

“A partir de agora, os professores farão a correção da prova através do aplicativo de celular Corrige. Na rede estadual, ela também foi aplicada nas turmas de 6º ao 9º ano

do ensino fundamental e nas de 1º ao 3º ano do ensino médio,” acrescentou a técnica do NRE, Neucely Ribeiro.

 

Na primeira edição da Prova Paraná, feita no último mês de março, os alunos do 5º ano da rede municipal de Apucarana acertaram 64,85% das questões de língua portuguesa e 69,25% das de matemática. Uma terceira edição da avaliação está agendada para o mês de setembro.

 

“Os resultados já foram muito bons, mas serviram para que os professores revisassem suas estratégias em relação aos estudantes que têm mais dificuldades. Nós acreditamos que o percentual de acertos na segunda edição será ainda maior,” afirmou a secretária.

 

De 11 a 14 de junho, os 1340 alunos matriculados nas turmas de 2º ano também passarão por uma prova para verificar a fluência em leitura na fase de alfabetização.

O que achou desta notícia ? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *